Países da Zona Euro e a União Europeia

Os países participantes na União Europeia são quinze, mas penas 12 adoptaram a moeda única. O grupo de países que integram a União Económica e Monetária (UEM) é designado por Zona Euro, Área do Euro ou Eurolândia. Os países da zona Euro são:

Portugal tttttttttt Holanda  (PaísespBaixos) 
Espanha Itália
França Áustria
Luxemburgo Irlanda
Bélgica Finlândia
Alemanha Grécia

 

 

Curiosidades

Como se chamavam as moedas nacionais dos 12 países que aderiram ao Euro?

Países Moedas
Portugal Escudo
Espanha Peseta
França Franco Francês
Bélgica Franco Belga
Luxemburgo Franco Luxemburguês
Itália Lira
Áustria Xelim
Grécia Dracma
Holanda Florim
Alemanha Marco
Irlanda Libra
Finlândia Markka

 

Os países que não pertencem a Zona Euro poderão aderir ao Euro?

A Inglaterra, Dinamarca e a Suécia, não quiseram mudar de moeda, mas podem fazê-lo mais tarde.

Quais são as cores da bandeira da União Europeia ?

 

As cores da bandeira da União Europeia são: azul e amarelo.

 

Bandeira da União Europeia

Como surgiu a União Europeia?

Após a destruição provocada pela Segunda Guerra Mundial (1939 a 1945) surge a necessidade de uma união cada vez mais estreita entre os povos da Europa, tendo como objectivo preservar a paz e a prosperidade. Desta forma, revelou-se necessário criar um grupo ou comunidade que reunisse esforços, ideias e bens, para abordar problemas comuns e assim obter melhores condições de vida.

Em 1952 a França, a Itália, o Luxemburgo, a Bélgica, a Alemanha e a Holanda, criaram um processo de cooperação e integração designada por CECA (Comunidade Europeia do Carvão e do Aço), que visava a junção das respectivas produções de carvão e de aço produtos de grande importância estratégica na época com o objectivo de criar uma paz duradoura na Europa. 

Em Março de 1957, os seis países acima referidos, fundaram a CEEA (Comunidade Europeia da Energia Atómica também designada por Euratom) e a CEE (Comunidade Económica Europeia), que foram instituídas pelo Tratado de Roma (cidade em que teve lugar a cerimónia oficial). 

Em 1973, à Comunidade dos seis, juntam-se três outros países, Dinamarca, Reino Unido, e Irlanda.

Em 1981,  à Comunidade dos nove, junta-se a Grécia.

Em 1986, a Comunidade dos dez torna-se a Comunidade dos doze com a adesão de Portugal e Espanha. 

Em 1987, a CEE iniciou uma nova etapa com a assinatura do Acto Único. Este acto consiste na abolição das fronteiras e das alfândegas para a livre circulação dos cidadãos, dos bens e dos capitais.

Em 1992, o tratado da União Europeia, assinado em Maastricht, representa uma nova etapa da integração europeia. Nele se fixou um calendário para a criação da moeda única (Euro) que é a realização lógica do processo de construção de um mercado sem fronteiras. Com ele, alargou-se a noção de cidadania da União Europeia, através da construção de novos direitos. Para ter em conta esta diversificação das tarefas comunitárias, o Tratado de Maastricht decide designar o conjunto de países membros como União Europeia.

Em 1993, entra em vigor o Tratado de Maastricht ou Tratado da União Europeia, assinado em 7 de Fevereiro de 1992 em Maastricht e, consequente a abertura do mercado único.     

Em 1995, a União Europeia acolhe três novos países: Suécia, Finlândia e Áustria.

Em 1997, assinatura do Tratado de Amesterdão, este novo tratado é uma revisão das várias disposições do Tratado de Maastricht, por forma a reforçar a sua eficácia e a responder melhor às perspectivas dos cidadãos.